GeGeGe no Kitarō Wiki
Advertisement

"A Ladra de Crianças Ubume" é o quadragésimo sétimo episódio da sexta adaptação em anime de GeGeGe no Kitarō. Foi exibido em 17 de março de 2019.

Elenco

Principal
Recorrente
Convidado
  • Masako Katsuki como Ubume
  • Volcano Ōta como Repórter
  • Fukushi Ochiai como Pai
  • Shōgo Sakata como Locutor
  • Kōsuke Tanabe como Homem

Trama

Mana volta da escola para casa acompanhada das amigas. Ela recebe uma mensagem por uma nova rede social, o Ômega Talk, na qual a sua mãe, Junko, trabalha na sede. A nova rede já é uma das mais acessadas tendo vários Ootubers migrando para lá, dentre eles Charatomi, que está em primeiro dos mais vistos em seu novo "canal yōkai", que introduz um aplicativo capaz de detectar a presença de yōkai. Mana se alegra com a popularidade dos yōkai entre os humanos. Ela volta a caminhar enquanto Nanashi aparece atrás dela, anunciando que irá preencher o ultimo elemento com sua própria mão trazendo o "fim do mundo".

Enquanto isso, Kitarō e seus amigos estão em um parque, usando Konaki-Jijii, disfarçado de bebê, como uma isca para Ubume, uma ave yōkai que Medama-Oyaji suspeita como sendo a responsável pelo desaparecimento em série de bebês. Ubume aparece e engole Konaki acreditando que ele é um bebê de verdade. Ittan-Momen persegue Ubume com Kitarō e Neko-Musume, que não percebem que estão sendo seguidos por um drone que está transmitindo toda a ação ao vivo no canal do Chamatari. Eles chegam numa gruta, onde encontram Nezumi-Otoko sendo forçado a cuidar dos bebês sequestrados pela Ubume, que pousa no ninho e regurgita Konaki-Jijii. Ao ser confrontada por Kitarō, Ubume afirma que não sequestrou os bebês, mas sim os salvou ao vê-los sem os pais por perto e, por instinto, decidiu criá-los.

Ubume se recusa a devolver os bebês e acaba por lutar contra Kitarō enquanto Neko-Musume tenta resgatar os bebês. Kitarō consegue imobilizar a ave yōkai usando seu chanchanko como corda e sua eletricidade interna. Ao ver que nenhum dos bebês foi ferido, Kitarō e os outros aceitam perdoar Ubume se ela prometer parar com os raptos. Com Ubume aceitando parar, Konaki-Jijii a convida para a morar na Floresta GeGeGe. Toda a ação na caverna havia sido transmitida pelo drone pelo Ômega Talk. Kitarō passa a ser considerado um herói, recebendo cartas de fãs e um número maior de pedidos de ajuda pelo Correio Yōkai. Apesar de Kitarō estar disposto a ajudar, Nezumi-Otoko não se agrada com a "conveniência" dos yōkai aos humanos. A popularidade dos yōkai no Ômega Talk continua aumentando, principalmente entre as crianças, o que agrada o dono do aplicativo, um misterioso homem chamado "John Do", a quem Junko trabalha como secretária.

Em meio ao "boom yōkai", Charatomi, grande responsável pelo fenômeno, anuncia que outro bebê raptado porém já havia sido encontrado mas em estado grave. Numa coletiva, a mãe do bebê infere que foi algum yōkai que sequestrou seu filho e o machucou. O marido perdoa a esposa, afirmando que a culpa eram dos yōkai que se aproveitaram da confiança dos humanos. Kitarō e Neko interrogam Ubume que se defende dizendo que obedeceu o pedido deles de parar e foge ofendida. Konaki-Jijii confirma que Ubume não saiu da floresta desde que entrou. Enquanto isso, a mãe do bebê raptado está na casa do amante assistindo a coletiva do dia anterior. Ela agradece por "ter os yōkai", revelando que ela esqueceu o bebê no carro durante um encontro com o amante. Dada a situação, John Do ordena a tomada de um "plano B".

Imediatamente, Charatomi começa a concientizar o público sobre o perigo dos yōkai, até mesmo consultando um professor, e toda a opinião pública se volta contra os yōkai (as amigas de Mana também mudam de opinião). Neko-Musume pede pra Mana se afastar deles por um tempo enquanto ela tenta resolver o problema sozinha. Enquanto Mana anda pela rua a noite, ela encontra Ubume sendo capturada por humanos que desejam vingança. Ela tenta proteger a yōkai, mas os justiceiros não a levam a sério por ser amiga de Kitarō. Ubume consegue fugir enquanto grita que odeia os humanos. Depois que os agressores vão embora, Mana recebe uma mensagem de sua mãe pedindo para que ela vá conhecer o presidente do aplicativo na sede. Dentro da sede, é mostrado que Junko, dominada pelo John Do, estava obedecendo ordens do chefe.

Neko-Musume vai até a casa de Charatomi e o intimida para revelar o objetivo da Ômega Talk com a perseguição aos yōkai. Ao saber que eram "ordens do presidente", ela vai até a sede da empresa e encontra com uma critura medonha, semelhante a um yōkai, que a persegue. Neko usa suas garras para atacar a critura, mas vê que a criatura era na verdade Junko. Mana vê a cena, corre para socorrer a mãe e se desespera ao ver o sangue nas mãos. Enquanto a Neko tenta acalmar Mana, a garota é tomada desespero e, sem querer, destrói a alma de Neko com o poder dado a ela por Nanashi. Antes de desaparecer, Neko-Musume pede desculpas a Mana. Em uma tela no corredor, John Do se revela como sendo o Nanashi.

Personagens

Família Kitarō:

Humanos:

Yōkai da semana:

  • Ubume (única aparição)

Outros:

Trivialidades

  • Enquanto se passa pelo presidente da Ômega Talk, Nanashi usa o pseudônimo "John Do". Em muitos países, como os de língua inglesa, "John Doe" é um nome genericamente usado para se referir a pessoas cuja identidade verdadeira é desconhecida, tal qual "Fulano" na língua portuguesa. Esse nome vai de encontro com o anônimato de Nanashi mesmo nas suas aparições físicas.
  • Ao pedir desculpas para Mana, o laço no cabelo de Neko-Musume cai, deixando seu cabelo solto pela primeira vez.

Navegação

{

Advertisement