FANDOM


La Seine (ラ・セーヌ), ou Vampiro La Seine (吸血鬼ラ・セーヌ, Kyūketsuki Ra Seenu) é um vampiro francês que aparece na história da Shonen Magazine, "Mão".

Visão geral

Interpretes

Artista
Mídia
Kenji Utsumi 1ª Série
Nobuo Tobita 6ª Série
Shirō Sano Especial do All Night Nippon
Hōchū Ōtsuka Ibun Yōkai Kitan

Aparência física

No mangá e no primeiro anime La Seine segue um clássico esteriótipo de vilão, sendo retratado como um homem alto de meia-idade, vestido com um smoking preto, uma gratava borboleta, uma cartola, sapatos pontudos e luvas brancas. Seu rosto é bem caricato, com um queixo largo e pontudo, um bigode tipo lápis e cabelos curtos, em determinadas circunstâncias é possível ver ele portando dentes pontiagudos.[1][2]

Na história "Vampiro La Seine" ele é mais semelhante ao Drácula porém ainda mantém um pouco de suas principais características físicas. Seu bigode é mais curto e grosso e suas costeletas são maiores. No lugar de seu terno ele usa uma longa capa preta.[3]

No sexto anime, La Seine muda de aparência completamente se transformando em um garoto vampiro de estatura baixa. Seus cabelos são longos, loiros e pontudos, sua pele é pálida, seus olhos são pretos com as íris azuis, pulpilas vermelhas e rodeados por uma sombra vermelha. Ele mantém um terno preto, uma gravata borboleta vermelha, shorts pretos, sapatos marrons e meias cinzas.[4]

Personalidade

Habilidades e poderes

Retratos

La Seine aparece no primeiro capítulo da série da Shonen Magazine, "Mão". Ele utiliza a "mais recente tecnologia sugadora de sangue" para extrair o sangue de mulheres de alta classe em Paris, no qual a mídia confunde com algum tipo de nova doença "sem sangue". Ele então se muda para o Japão com seu servo Mamute para beber o sangue de mulheres japonesas, mas logo se preocupa que Kitarō coloque um fim a seus planos. Ele atrai Kitarō para um parque e, quando ele aperta sua mão, Mamute o elimina com uma metralhadora, deixando apenas a sua mão. No entanto, a mão de Kitarō ganha vida própria e os segue para o seu quarto de hotel para assombrá-los. Eventualmente, La Seine e Mamute correm para outro hotel, mas a mão também os segue até lá. Eles entram no quarto, mas a mão começa a descer pela chaminé. La Seine ordena que Mamute inicie uma fogueira, mas ela fica fora de controle e se espalha por toda a sala. Mamute tenta destrancar a porta, mas ela não abre porque a mão está do outro lado segurando firme a maçaneta. Os dois homens queimam até a morte no fogo enquanto Kitarō relaxa em um campo e espera que sua mão retorne.

La Seine aparece no episódio "Vampiro La Seine" do primeiro anime.[2] Ele é um cavalheiro que participa de festas da alta classe francesa e ataca belas mulheres. Ele continua acompanhado do seu guarda-costas Mamute.

Ele usa técnicas avançadas de sucção de sangue, nas quais usa a ponta dos dedos para extrair o fluido sem chamar a atenção, o que na França era considerado um novo tipo de doença chamada de "doença sem sangue".

Assim como no mangá, ele planeja matar Kitarō para não ser desmascarado, e usa Nezumi-Otoko para atrair Kitarō em um cemitério e permitir que Mamute o metralhe. Acreditando que Kitarō está morto, La Seine e Mamute se hospedam em um hotel e tentam atrair uma famosa atriz japonesa mas falham pois o geta de Kitarō ganha vida própria e os persegue.

La Seine, assustado com o geta de Kitarō, foge com Mamute para uma cabana nas montanhas. Finalmente, o geta tenta entrar pela chaminé e La Seine tenta queima-lo ascendendo o fogo da lareira, mas o fogo flui de volta para a sala e a cabana inteira é queimada com ele e Mamute trancados por dentro.

No sexto anime, La Seine aparece no episódio "O Nobre Sanguinário La Seine".[4] Após a morte de Backbeard, ele se torna um dos generais de seu exército devido ao vácuo de poder. Ele vai ao Japão junto com Mamute para coletar sangue e ressuscitar Backbeard, seguindo as instruções de Carmilla. Quando Kitarō vai investigar, ele tem um encontro com La Seine, que facilmente derrota Kitarō e o sela em uma pedra mágica.

Infelizmente para o vampiro, ele e seu servo são constantemente importunados pelo chachanko de Kitarō, a ponto de enterrá-lo no mar, mas não conseguem e quase morrem em um incêndio tramado por ele. Quando Kitarō é libertado, ele luta contra La Seine mais uma vez, ele consegue combatê-lo com facilidade, tendo aprendido o estilo de luta do vampiro. Antes que La Seine possa recuar, ele é atacado por Rei Isurugi, que o mata e leva sua alma. Enfurecido, Mamute tenta atacar Rei mas é chutado para longe.

Ele aparece mais tarde faz uma pequena aparição em "A Grande Explosão do Halloween de Kōmori-Neko". Andando ao lado dos outros yōkai ocidentais que desprezam Kōmori-Neko.[5]

Trivialidades

  • Seu nome provavelmente vem do Rio Sena da França, chamado pelos locais como La Seine.
  • Ele compartilha a aparência do Lobisomem de Londres.

Referências

  1. "Mão"
  2. 2,0 2,1 1ª Série, 1968. Episódio 4 - "Vampiro La Seine"
  3. "Vampiro La Seine"
  4. 4,0 4,1 6ª Série, 2019. Episódio 57 - "O Nobre Sanguinário La Seine"
  5. 6ª Série, 2019. Episódio 79 - "A Grande Explosão do Halloween de Kōmori-Neko"

Navegação

v  d  e
Exército de Yōkai Ocidentais
Geração jovem
v  d  e
Yōkai e outros elementos mágicos da 6ª Série
Kitarō e Aliados
Ameaças
Outros
v  d  e
Yōkai e outros elementos mágicos da 1ª Série
Kitarō e Aliados
Antagonistas
Outros
AkashitaAmefuri-KozōAnagura-NyūdōBakuCarolineEnma-DaiōFada HanakoGama-SenninMarugeKarasu-Tengu do Monte KuramaNingyoNozuchiUmi-JijiiYōka
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.