FANDOM


Nezumi-Otoko é conhecido por ser imundo (algo que também é uma preferência do próprio), embora ele não se importe de ocasionalmente se banhar nas águas termais. Seu corpo está cheio de micose, vergões e sarnas, o que lhe causa uma coceira intensa. Essa doença de pele não parece ser uma que existe nos registros médicos e acredita-se que seja uma doença que somente Nezumi-Otoko tenha. Ele tem mau hálito, constantemente solta peidos, e pode usar suas roupas sujas como arma. Em "Os Dois Tanukis", quando ele é capturado na armadilha dos tanuki, ele tenta o seppuku e vê um enxame de grandes tênias rastejando no estômago.

O fato de ser um hanyō parece meramente dar-lhe uma longa vida útil, já que, além das técnicas de fedor (que são mais fortes que o normal por causa de seus poderes yōkai) e suas características de rato, ele quase não possui poderes especiais. Ele tem alguma vitalidade yōkai, pois é capaz de abrir selos que um ser humano normal não poderia e sobreviver ao castigo de outros yōkai, embora esse pareça ser o limite de sua força. No entanto, ele é um gênio no que diz respeito às suas palavras, e há muitas vezes em que ele é capaz de enganar e/ou sair de problemas com Kitarō e outros yōkai antagônicos, mas ele apenas abusa da sua lábia pensando nos seus esquemas de enriquecimento. Contudo, ele geralmente é exposto por Kitarō ou frustrado por outros yōkai, e, seja devolvendo o dinheiro ou roubando, ele sempre acaba pobre novamente. Ele também tem uma força vital semelhante a um rato, e toda vez que ele é comido ou absorvido por um yōkai, ele consegue retornar de alguma forma com segurança. Além disso, na história "Um Homem Tolo", uma transfusão de sangue dele é capaz de fazer um velho moribundo se tornar jovem novamente.

Pelo mesmo motivo, ele adora comer comida humana, embora sua comida favorita sejam lesmas. Ele costuma comer tempura de lagarta e sapos e vasculha as latas de lixo das pessoas em busca de comida. Ele também gosta de comer baratas, dizendo que adora o "som esmagador" que elas produzem. Mas quando se trata de água, ele prefere a água limpa do rio, afirmando que "o gosto é bom, diferente da água da cidade cheia de mijo ". Ele também pode comer comida podre como se não fosse nada, e anos fazendo isso deu ao seu sistema digestivo poderes de esterilização.

Técnicas

  • Mau hálito: Graças à sua dieta de sapos e grilos e nunca escovar os dentes, ele pode usar um ataque de bafo repulsivo. É tão pungente que ele pode derrubar uma mosca a 10 metros de distância e humanos próximos. Em "Tecido Yōkai", ele foi capaz de derrubar todos os humanos controlados por Qi, levando Ido-Sennin a observar que seu bafo é mais eficaz que o gás lacrimogêneo.
  • Peidos: Provavelmente o ataque mais forte de Nezumi-Otoko. Como com o mau hálito, o cheiro é tão ruim que ele pode abater qualquer um que cheire ou faça os olhos lacrimejarem. Ele peida com força suficiente para se lançar como um foguete, tornando-o poderoso o suficiente para até dar às pessoas um ataque cardíaco. Pode ser perigoso e até letal para os seres humanos e pode imobilizar até os yōkai mais fortes que o cruzam, inclusive Kitarō, Elite, Yadōkai, Kagami-Jijii e Drácula. Ele já conseguiu usar seus peidos para escapar de Nurarihyon .

Por causa da pressão e da concentração de gás metano, se ele acender seus peidos, eles podem se tornar um lança-chamas útil. Como o gás é tão poderoso, Nezumi-Otoko afirma que nenhum ser vivo pode sobreviver estando dentro de seu trato digestivo[1]. No entanto, Medama-Oyaji conseguiu sobreviver sendo engolido por ele escapando de seu ânus[2][3], e em "Os Dois Tanukis", é revelado um grande número de parasitas que vivem dentro do seu intestino.

De acordo com Nezumi-Otoko, ele pode fazer seus peidos mais fortes, mantendo-os por longos períodos de tempo. Ao comer comida velha e podre, ele pode acumular gás no estômago. Ele diz que só comerá comida de até três anos, embora tenha comido comida de 100 anos para derrotar Yadōkai[4].

    • Anel flatulento:
  • Dentes: Os dentes de Nezumi-Otoko são fortes e resistentes. Ele pode mastigar paredes[5] e cordas. Em A Canção Amaldiçoada do Milênio, ele até mastiga uma porta de pedra. Medama-Oyaji já comparou os seus dentes com uma serra. Não se sabe se sua dieta e estilo de vida tornaram seus dentes tão fortes ou se ele nasceu assim.
  • Invulnerabilidade: Quando o deus Vodum atacou e dissolveu Nezumi-Otoko, o último sobreviveu apenas com seus dois globos oculares.[6]
  • Tolerância única: Como meio humano, ele pode suportar barreiras e maldições especialmente projetadas para yōkai puros ou humanos puros.

Referências

  1. "Um Estanho Companheiro"
  2. "Exército Yōkai"
  3. "Coliseu Yōkai"
  4. "Terror! Yadōkai" (ep. 52). 5ª Série. «2008».
  5. Johhny na Neblina
  6. Vodum
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.