FANDOM


A Tribo Anami (アマミ一族, Amami-Ichizoku) é uma tribo yōkai quase extinta e está relacionada à Tribo Fantasma, cujos últimos sobreviventes são os irmãos Miu e Kai.

História

Pouco se sabe sobre o seu passado. Eles são conhecidos por viverem na ilha de Kikaiga no sul do Japão. Em algum momento no passado, Enma-Daiō confiou a Chave do Inferno a eles para protegê-la em sigilo; isso foi conseguido lacrando a chave dentro dos corpos dos comandantes da tribo. No entanto, um grupo de yōkai ocidentais liderados por Backbeard estava atrás do poder do Inferno, detectando a localização da chave, resultando em décadas de invasões contínuas na ilha e guerras contra a Família Kitarō que protegia a tribo Amami e a ilha sem conhecer as verdadeiras intenções dos inimigos de atacar a ilha. Como ninguém, incluindo o próprio povo Amami, estava ciente da verdadeira capacidade de combate, os repetidos ataques dos yōkai estrangeiros reduziram extensamente o número de membros da Tribo Amami a um ponto de semi-extinção. Assim como a mãe de Miu e Kai, o comandante da tribo também foi sacrificado na batalha há 12 anos, deixando os irmãos como os únicos sobreviventes.[1]

Na batalha de 12 anos depois, a Chave do Inferno dentro de Miu se transfere para Kitarō quando ela estava tentando salva-lo, levando-o a ativar o Coração Derradeiro do Inferno.[2] No entanto, Miu foi novamente alvo de um grupo diferente de yōkai para tornar Kitarō vulnerável.

Referências

  1. "Desembarque! A Ameaça dos Yōkai Ocidentais", Episódio 32, Anime de 2007
  2. "Grande Contra-Ataque! Yōkai Japoneses", Episódio 33, Anime de 2007
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.