FANDOM


Yōkai (妖怪, demônio, espírito ou monstro) são uma classe de monstros sobrenaturais no folclore japonês. A palavra yōkai é composta do kanji para "sobrenatural" e "estranho". Yōkai variam ecleticamente do malévolo para o travesso, ou ocasionalmente trazem boa sorte para aqueles que os encontram. Muitas vezes eles possuem características de animais (como os Kappa, que são semelhantes a uma tartaruga, ou o Tengu, que tem asas), outras vezes podem ter uma aparência humana, alguns parecem objetos inanimados e outros não têm forma perceptível.

Yōkais geralmente tem um poder espiritual sobrenatural, sendo a metamorfose uma das mais comuns. Os yōkai que têm a capacidade de mudar de forma são chamados de obake. Folcloristas e historiadores japoneses descrevem os yōkai como "fenômenos sobrenaturais ou inexplicáveis ​​para seus informantes". No período Edo, muitos artistas, como Toriyama Sekien, criaram yōkai inspirados pelo folclore ou suas próprias idéias, e no presente, vários yōkai criados por eles são erroneamente considerados como sendo de origem lendária.

Tipo

Há uma grande variedade de yōkai no folclore japonês. Em geral, yōkai é um termo amplo e pode ser usado para abranger virtualmente todos os monstros e seres sobrenaturais, inclusive incluindo criaturas do folclore europeu (por exemplo, o Bugbear inglês é frequentemente incluído no folclore japonês a tal ponto que alguns acreditam erroneamente que se origina do referido folclore).

Yōkai metamorfos

Pensa-se que um grande número de animais japoneses tivessem habilidades mágicas. Frequentemente imitando a forma humana, principalmente mulheres. Alguns dos animais yōkai mais conhecidos incluem:

Oni

LupaIcon.png Ver artigo principal: Oni

Um dos aspectos mais conhecidos do folclore japonês são os oni, uma espécie de ogros das montanhas, geralmente representados com pele vermelha, azul, marrom ou preta, dois chifres na cabeça, uma boca larga cheia de presas, e vestindo nada além de uma tanga de pele de tigre. Carregam frequentemente um kanabo de ferro ou uma espada gigante.

Os oni são representados principalmente como maus, mas ocasionalmente podem ser a personificação de uma força natural ambivalente. Eles são, como muitos fantasmas, associados à região nordeste do Japão.

Tsukumogami

LupaIcon.png Ver artigo principal: Tsukumogami

Tsukumogami é uma classe inteira de yōkai, consistindo em itens domésticos comuns que ganharam vida após cem anos depois de sua fabricação. Essa classificação praticamente ilimitada inclui:

Ex-humanos

Há um grande número de yōkai que eram originalmente seres humanos comuns, porém transformados em criaturas horríveis e grotescas, geralmente durante um estado extremamente emocional. Pensa-se que as mulheres que sofrem de ciúmes intensos se transformam em oni. Outros exemplos de transformações humanas ou humanóide de yōkai são:

  • Rokuro-Kubi (humanos capazes de alongar o pescoço durante a noite)
  • Ohaguro-Bettari (uma figura, geralmente feminina, que se vira para revelar um rosto com apenas a boca enegrecida)
  • Futakuchi-Onna (uma mulher com uma boca extra voraz na parte de trás da cabeça)
  • Dorotabō (o cadáver ressuscitado de um fazendeiro que assombra sua terra neglicenciada)

Hanyō

São seres sobrenaturais metade humano e metade yōkai. Hanyō geralmente são resultados da cruza de um yōkai com um humano, embora os humanos possam ser transformados em hanyōs. Devido à sua natureza dupla, os hanyō estão frequentemente sujeitos a preconceitos tanto nas sociedades humanas quanto nos yōkai por causa do ódio mútuo entre as duas espécies. Alguns personagens hanyō são:

Outros

Alguns yōkai são extremamente específicos em seus hábitos, por exemplo:

  • Azuki-Arai (um yōkai que sempre é encontrado lavando feijão azuki).
  • Akaname (encontrado apenas em banheiros sujos e passa o tempo lambendo a sujeira deixada pelos proprietários descuidados)
  • Ashiarai Yashiki (Um pé gigantesco que aparece nos quartos e exige que o proprietário aterrorizado o lave)
  • Tofu-Kozō (um pequeno monge que carrega um prato com um bloco de tofu)

Referências


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.